Como Meditar?

Como Meditar?


Há muitas maneiras e técnicas, algumas consagradas pelo uso, disponíveis, para uma pessoa que deseja começar a meditar.

Experimentei algumas técnicas, fiz algumas aulas, até encontrar a “minha” forma de meditar.

Sei que em vários lugares encontramos expressões assim: “a verdadeira meditação…” ou “isto é meditação, aquilo não é”.

Não é o que penso!

a melhor técnica de meditação é aquela que funciona para você

Aquela que te ajuda a mudar o estado da tua consciência.

Te ajuda a experimentar um estado de calma, alegria serena e paz para lidar melhor com os desafios naturais da vida.

Eu simplesmente me sento, fecho os olhos, respiro calma e profundamente e me coloco receptiva, para o que houver para viver e experimentar.

É importante dizer: estar aberta “para o que der e vier” é fundamental!

Quando começo uma meditação, nunca sei onde ela vai dar.

Em geral é surpreendente!

Recoloca as ideias sobre os assuntos que estão em minha mente a vagar…

Acontece também de a meditação trazer para o 1º plano da atenção, algum sentimento, ansiedade ou decisão pendente.

Também, em segundos, a meditação pode me levar, para alguma realidade alternativa, onde todo um enredo se desenrolará.

Não existe meditação melhor ou pior.

Certamente, algumas serão mais marcantes para nós…

Mas é importante que a gente aceite que a meditação de cada dia nos traz exatamente aquilo que precisamos viver.

Isto se chama CONFIAR.

Confiar em nós mesmos e em nossa Orientação Espiritual.

 

Algumas indicações podem ser úteis:

Medite sempre na mesma hora e lugar

A matéria do lugar onde meditamos, com o tempo, vai se alterando, sua frequência vibratória vai se elevando, e desta forma, “o lugar” será como uma escada, onde já começamos a meditação num plano mais alto.

Se temos um horário para a prática, antes dele corpo e mente já começam a se preparar. No horário “combinado” já estamos prontos. Prontos para começar.

Se não puder meditar sempre à mesma hora, num mesmo lugar, medite onde estiver e quando puder. O plano espiritual sempre te encontrará!

 

meditacao-2Fique confortável

Sentar em posição de lótus ou semi lótus é excelente, facilita a circulação da energia pelos corpos e chacras. Mas, se esta posição não é confortável para você, ela vai te atrapalhar.

Não é necessário sofrer para meditar. Meditar é um prazer!

Sente confortavelmente numa cadeira, se preferir. Melhor com os pés apoiados no chão e o tronco ereto.

Se você estiver acamado, medite deitado. É um pouco mais difícil manter a concentração assim, mas você pode se treinar para isto.

 

Concentre-se

Se dê o direito de tirar alguns minutos do seu dia apenas para você! O mundo não vai se acabar: deixe o telefone tocar, desligue o celular, acomode as crianças antes de começar.

Você merece!!!

Além do que, tudo e todos vão se beneficiar da sua energia mais limpa, calma e clara.

Digo há muitos anos: Ser feliz é um serviço de utilidade pública!

 

Respire!

Ah! Que delícia poder respirar! Respirar e sentir que todo o seu corpo começa a relaxar! Respirar e relaxar alimentam a alma e trazem a calma, e o mundo externo vai ficando para trás…

 

Eu Superior

Atualmente muitas pessoas meditam visando os benefícios que esta prática traz para a saúde física e emocional, como se fosse uma caminhada ou um alongamento. Ótimo!

Mas, se a sua intenção ao meditar inclui também o desenvolvimento espiritual, invoque o seu Eu Superior ao começar a meditar.

O Eu Superior é você mesmo, numa vibração mais alta e realizada, e será o seu Mestre e Guia, sempre aceitador e amoroso, por toda a sua vida e caminho espiritual.

Como reconhecer o seu Eu Superior?

Sempre pela vibração do Amor.

Você vai estar com “alguém” que te ama de forma absoluta e total. É o que chamamos de Amor Incondicional.

 

Pratique

Costumo brincar com as pessoas dizendo: quando a gente nasce, nasce sabendo fazer xixi, cocô (mais ou menos), mamar e chorar.

Todo o resto a gente aprende!

Você pode aprender a meditar!

A recompensa?

A maior do mundo!

ser amado

e

aprender a amar

 

 

 

 

Autor

O Caminho Espiritual sempre foi meu foco de interesse na vida adulta: estudo, reflexão, meditação, autoconhecimento, crescimento e transformação pessoal. Partilhar o que encontramos nesta jornada também é uma exigência do Caminho. Por isto estou aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *